Emirates já recuperou 90% de sua malha de voos pré pandemia da covid-19

0
Emirates já recuperou 90% de sua malha de voos pré pandamia da covid-19
A380 Emirates

Como resultado da flexibilização das restrições de viagens para vários países, a Emirates vai restaurar sua malha de voos em 29 cidades de sua rede, resultando em um aumento de mais de 270 voos. Além disso, a empresa vai ajustar seus horários para aumentar a frequências e a capacidade, conforme aumenta a demanda por viagens internacionais de lazer e negócios.

Novos Países com Fronteiras Abertas

Recentemente os Emirados Árabes Unidos facilitaram os protocolos de entrada para 12 países, facilitando aos seus clientes a conexão de voo em Dubai. Os novos países são:

Reino Unido
África do Sul
Uganda
Zâmbia
Índia
Paquistão
Sri Lanka
Bangladesh
Vietnã
Indonésia
Nigéria
Afeganistão

Expansão de Serviços com o Reino Unido

A Emirates vai aumentar, até outubro, seus serviços para 73 voos semanais para o Reino Unido, incluindo:

  • Uma operação para o aeroporto Londres Heathrow seis vezes por dia
  • Dois voos diários da aeronave A380 para Manchester
  • Dez serviços semanais para Birmingham
  • Voos diários para Glasgow.

Desde o dia 08 de agosto, a Emirates está atendendo o aeroporto Londres Heathrow com três voos diários, todos operados com aeronaves A380.

Em agosto e setembro, a Emirates aumentará gradualmente suas operações para Londres Heathrow e, em meados de outubro, a companhia aérea terá restaurado suas operações para seis voos diários, quatro deles realizados com a aeronave A380.

Estados Unidos e África

Atualmente a Emirates oferece mais de 70 voos semanais para 12 cidades nos Estados Unidos e vai aumentar os voos para Houston, Boston e San Francisco em agosto para atender ao fluxo sazonal de viajantes.

Além disso, a companhia aérea também aumentará a capacidade de seus quatro serviços semanais para o aeroporto de JFK em Nova York com o A380 a partir de 13 de agosto.

Os voos para Joanesburgo passarão de diários para 11 voos semanais, adicionando quatro voos com conexão em Durban. Além disso, a companhia aérea também oferece três voos semanais de/para a Cidade do Cabo.

Ainda na África, a companhia aérea também restabeleceu a capacidade de seus voos de/para Lusaka (conexão em Harare) e Entebbe, com cinco voos semanais para cada destino.

Devido à reabertura das fronteiras, ainda que parcial, a Emirate já retomou os seus voos de passageiros para mais de 120 destinos, recuperando cerca de 90% de sua malha pré-pandemia.

Para Saber Mais

Neste link você encontra outras notícias sobre a Emirates.


Que tal nos acompanhar no Instagram para não perder nossas lives e também nos seguir em nosso canal no Telegram?

O Pontos pra Voar pode eventualmente receber comissões em compras realizadas através de alguns dos links e banners dispostos em nosso site, sem que isso tenha qualquer impacto no preço final do produto ou serviço por você adquirido.

Quando publicamos artigos patrocinados, esses são claramente identificados ao longo do texto. Para maiores informações, consulte nossa Política de Privacidade.