Seria a Monis uma alternativa ao iti? Conheça todos os detalhes da fintech e os seus riscos

16
Seria a Monis uma alternativa ao iti? Conheça todos os detalhes da fintech e os seus riscos

Devido a todas as mudanças ocorridas com o iti e com a AME ao longo da última semana, nossos leitores nos pediram para que escrevêssemos sobre a Monis.

Portanto, confira neste artigo o que á Monis, sua finalidade, quais os riscos envolvidos e se vale a pena investir nela.

A Monis

A Monis é uma fintech que tem como objetivo oferecer uma poupança por assinatura. Você deposita algum valor via TED/PIX ou pode cadastrar um cartão de crédito para ser debitado semanalmente, a fim de atingir um objetivo pré-estabelecido em dinheiro.

Para ajudar, todo o saldo é remunerado a 100% do CDI, num CDB com liquidez diária. Até aqui, parece um excelente negócio, não?

Para abrir uma conta, entre na página da Monis e preencha o número do seu celular, ou clique aqui e informe seus dados pessoais (nome completo, e-mail, celular e CPF) e crie uma senha.

O seu Sonho

A próxima etapa é definir qual o seu sonho? Ir a algum lugar? Comprar algo? Fazer alguma coisa? Guardar para os filhos? Um fundo de emergência? Ou simplesmente começar a poupar?

Após estabelecer essa meta, você precisa informar quanto custa para realizá-lo.

Antes de partir para a próxima etapa, você precisa responder a uma simples pergunta. Não é um perfil de investidor, mas apenas contar como está sua vida financeira:

Vamos Começar a Poupar

Definido o objetivo e o montante que precisa juntar para atingi-lo, é hora de começar a guardar!

No nosso mundo de cartões de crédito, milhas e viagens, acredito que o grande diferencial da Monis é permitir o depósito através de cartão de crédito. Após clicar em “Comece a guardar”, você precisa informar o montante que está disposto a guardar por semana, desde R$25 até R$1.000.

Após clicar em “Avançar”, preencha os dados do seu cartão de crédito onde deseja que seus aportes semanais sejam efetuados:

Pronto! Feito isso, minutos depois o valor escolhido será debitado no seu cartão de crédito e você já terá cumprido um % do seu objetivo!

Segurança

Será que é seguro investir na Monis? Ela apenas destaca esses três aspectos abaixo, mas a verdade é que o seu dinheiro será aplicado pela Monis em uma conta única para todos os clientes, e que será depositado em algum CDB de uma instituição financeira em nome dela.

E o que isso significa? Que em caso de falência do banco detentor desses recursos, o FGC (Fundo Garantidor de Crédito) irá garantir uma proteção de até R$250 mil para o cliente, no caso a Monis (e não você), ou seja, os seus recursos não estão garantidos.

Para um objetivo de médio e longo prazos, acho um risco elevado investir sua economia sem ter a garantia de que conseguirá resgatá-los sem dificuldades. Enquanto seus recursos não estiverem sendo aplicados num CDB em seu nome, não recomendaria deixar sua suada economia na Monis por prazos muito longos.

Vantagens

Ainda que você tenha definido seu objetivo e o montante semanal a ser investido, a qualquer momento você terá o direito de resgatar seus recursos, desde que passados no mínimo 30 dias desde o aporte com cartão de crédito.

Além disso, esses aportes com cartão somente começarão a render os 100% do CDI apenas após 30 dias. Ou seja, se após 30 dias ocorrer algum imprevisto e você necessitar resgatar o investimento, não receberá um centavo a mais do que o valor aplicado.

O grande benefício que visualizo nesta operação é a possibilidade de gerar milhas. Na melhor das hipóteses, conseguiria “gastar” R$1.000,00 por semana no cartão de crédito, ou seja, não é aquele acúmulo representativo, mas que poderia render até 52.000 pontos no cartão de crédito ao longo de um ano.

Tome Nota

Com o fim da isenção das transferências do iti e as taxas de juros nada amistosas para pagamento de contas e boletos com cartão de crédito nos demais apps, produtos como a VirtusPay e a Monis podem ser alternativas para geração de pontos e milhas.

Deixei claro para vocês os riscos envolvidos nessa operação da Monis. A proposta é bastante interessante, especialmente para aqueles que não possuem boa educação financeira para guardar recursos para uma viagem, a compra de um veículo ou realizar a festa de casamento.

Mas a inexistência de uma garantia como o FGC diminui (e muito) a atratividade pelo produto. A rentabilidade oferecida, de 100% do CDI, também não é das melhores; é possível encontrar diversas outras opções rendendo até o dobro disso.

E o que você achou da Monis? Já está investindo nela? Teve alguma dificuldade para resgatar o saldo em caso de necessidade? Compartilhe conosco sua experiência.

Para Saber Mais

Para ler notícias sobre aplicativos, clique neste link.


Que tal nos acompanhar no Instagram para não perder nossas lives e também nos seguir em nosso canal no Telegram?

O Pontos pra Voar pode eventualmente receber comissões em compras realizadas através de alguns dos links e banners dispostos em nosso site, sem que isso tenha qualquer impacto no preço final do produto ou serviço por você adquirido.

Quando publicamos artigos patrocinados, estes são claramente identificados ao longo do texto. Para maiores informações, consulte nossa Política de Privacidade.