Beabá dos Pontos: Programas de fidelidade aéreos e não aéreos e suas diferenças

0
Beabá dos Pontos: Programas de fidelidade aéreo e não aéreo e suas diferenças
Banner-Livelo.png

Neste artigo da série Beabá dos Pontos vamos discutir o que são programas de fidelidade aéreos e não aéreos e entender as principais diferenças entre eles.

Como o próprio nome diz, os programas de fidelidade aéreos são aqueles ligados a empresas aéreas. Já os não aéreos são aqueles ligados a bancos e ao varejo, mas excluíndo-se esse ponto, no geral os programas são bem parecidos no que diz respeito à sua estrutura de funcionamento.

Similaridades dos Programas de Pontos Aéreos e Não Aéreos

Alguns pontos em comum entre os programas incluem a possibilidade de se:

  • Comprar pontos
  • Associar-se a clubes de pontos
  • Acumular pontos em compras do dia-a-dia
  • Acumular pontos através de compras com cartões de crédito
  • Trocar pontos por produtos

Diferenças dos Programas de Pontos Aéreos e Não Aéreos

Quando o cliente acumula pontos em um programa de pontos não aéreo, ele tem a possibilidade de transferir esses pontos para o programa aéreo que preferir (desde que exista uma parceria entre ambos).

Já os pontos acumulados num programa aéreo não podem ser transferidos para outros programas aéreos. No máximo, o cliente pode transferi-los para algum programa de fidelidade de hotéis, como o Accor ALL, por exemplo.

Provavelmente, o grande diferencial entre os dois tipos de programas diz respeito às emissões de passagens aéreas. Nos programas de fidelidade aéreos, os clientes conseguem trocar os seus pontos por passagens prêmio. Enquanto que nos programas não aéreos, os programas convertem os pontos em um valor monetário e “compram” as passagens com eles.

Vale notar, no entanto, que os programas aéreos brasileiros também adotaram essa prática e a oferecem aos seus clientes, além dos bilhetes prêmio. Essa técnica é normalmente conhecida como interline e, via de regra, as passagens acabam tendo um valor bem maior. Portanto, sempre que possível é bom evitar os tais bilhetes interline.

Obviamente, nos programas aéreos os clientes acumulam pontos todas as vezes que viajam com a empresa aérea do programa, bem como com as suas parceiras. Por outro lado, isso não ocorre com os programas de pontos não aéreos.

Principais Programas

Os principais programas de fidelidade aéreos, brasileiros ou internacionais, usados pelos milheiros nacionais incluem:

LATAM Pass (LATAM)
Smiles (GOL)
TudoAzul (Azul)
TAP Miles&Go
Iberia Plus (Iberia)
AAdvantage (American Airlines)
Executive Club (British Airways)
Life Miles (Avianca)
Miles & More (Grupo Lufthansa)
Flying Blue (Air France – KLM)

Já alguns dos principais programas de fidelidade não aéreos são:

Livelo (Banco do Brasil e Bradesco)
iupp (Itaú)
Esfera (Santander)
Pão de Açúcar Mais
Stix
Dotz

Tome Nota

A estratégia ideal de quem acumula pontos no Brasil deve envolver pelo menos um programa de pontos aéreo e um não aéreo.

Já a escolha de quais programas associar-se depende dos objetivos de cada um, como por exemplo, qual banco o cliente tem relacionamento ou então para qual país e com qual empresa aérea pretende viajar.

Para Saber Mais

Para ler outros artigos da série Beabá dos Pontos, clique aqui.


Que tal nos acompanhar no Instagram para não perder nossas lives e também nos seguir em nosso canal no Telegram?

O Pontos pra Voar pode eventualmente receber comissões em compras realizadas através de alguns dos links e banners dispostos em nosso site, sem que isso tenha qualquer impacto no preço final do produto ou serviço por você adquirido.

Quando publicamos artigos patrocinados, estes são claramente identificados ao longo do texto. Para maiores informações, consulte nossa Política de Privacidade.