As recentes mudanças nos acessos às Salas Vip

5
As recentes mudanças nos acessos às Salas Vip
 gif-ppvex-online-OK.gif

Hoje vamos falar com vocês sobre as recentes mudanças nos acessos às salas Vip pelas principais bandeiras de cartões de crédito do mercado.

Nos últimos dias nós publicamos a ótima notícia de que os cartões de crédito Elo trocaram os acessos às salas Vip do programa LoungeKey pelo programa Priority Pass, desde o dia 1º de julho de 2022.

Todos sabemos que os melhores cartões de crédito são os que oferecem acessos ilimitados aos lounges, mas muitos outros oferecem alguns acessos gratuitos por ano, o que consideramos um ótimo benefício e passamos a analisar a partir de agora.

Visa Airport Companion

O programa Visa Airport Companion foi lançado pela bandeira Visa, para concorrer com a plataforma semelhante lançada pelo seu principal concorrente, o Mastercard Airport Experiences.

No caso do programa da Visa, ele utiliza a rede de salas Vip do programa Dragon Pass, que é um programa independente de salas Vip de origem chinesa e concorrente dos conhecidos programas Priority Pass e LoungeKey, que pertecem ao britânico Collinson Group.

A grande vantagem do Dragon Pass é oferecer lounges parceiros que não fazem parte dos programas do Collinson Group, como é o caso do Plaza Premium Lounge, o mais novo (e melhor) lounge no Terminal 2 do Aeroporto de Guarulhos.

Vale lembrar que a rede de salas Vip Plaza Premium Lounge, operadora de lounges em aeroportos com presença mundial e sede em Hong Kong, encerrou sua parceria com os programas Priority Pass e LoungeKey, desde o dia 1º de julho de 2021, conforme publicamos aqui.

Mastercard Airport Experiences

O programa Mastercard Airport Experiences é o programa da Mastercard, que utiliza a rede de salas Vip do programa LoungeKey.

O LoungeKey é um programa programa independente de salas Vip de origem britânica, que oferece acesso a mais de 1.000 lounges ao redor do mundo. O programa pertence ao Collinson Group, mesma empresa que administra o programa Priority Pass.

A diferença é que no Priority Pass, a associação pode ser adquirida independentemente de um vínculo com uma instituição financeira, enquanto o LoungeKey é um benefício atrelado ao cartão de crédito, mediante um convênio entre a bandeira do cartão e o LoungeKey.

Priority Pass

O programa Priority Pass é o novo parceiro da bandeira Elo, programa independente de salas Vip de origem britânica, que oferece acesso a mais de 1.300 lounges ao redor do mundo. O programa pertence ao Collinson Group, mesma empresa que administra o programa LoungeKey.

Os acessos passaram a ser feitos mediante a apresentação do cartão de crédito elegível ou por meio do QR Code gerado pelo aplicativo do Priority Pass.

Essa novidade parece ser a tendência do programa no mundo todo. Recentemente, emissores americanos como o Capital One e o Chase, disponibilizaram essa nova forma de acesso aos seus clientes, dispensando o uso do cartão físico do Priority Pass.

No caso dos cartões Elo, que possuem baixa aceitação no exterior, a possibilidade de gerar o cartão digital por meio do aplicativo do Priority Pass é excelente, pois basta gerar o QR Code para acessar as salas Vip, não dependendo portanto do reconhecimento do cartão na maquininha da sala Vip.

É importante destacar que, de uma forma ou de outra, é fundamental fazer o cadastro do seu cartão de crédito no aplicativo do Priority Pass, para liberar o acesso aos lounges.

Tome Nota

À primeira vista, podemos notar claramente um estreitamento nas relações das bandeiras com programas de salas Vip diferentes. No caso da Visa com o Dragon Pass, da Mastercard com o LoungeKey e da Elo com o Priority Pass.

No caso da Mastercard, a mudança foi mais radical, já que ela exigiu que todos os emissores que forneciam associações ao Priority Pass atrelados aos seus cartões de crédito, cancelassem os mesmos e mantivessem apenas os acessos pelo LoungeKey, por meio da plataforma Mastercard Airport Experiences.

Já a Visa, que lançou a plataforma semelhante Visa Airport Companion, a princípio não irá restringir os acessos apenas ao Dragon Pass, como fez a Mastercard com o LoungeKey.

No encontro que tivemos na sede da Visa em São Paulo, a empresa nos esclareceu que todos os programas permanecerão na sua prateleira de produtos (Visa Airport Companion / Dragon Pass, LoungeKey e Priority Pass), deixando a critério de cada emissor a liberação dos acessos de cada programa aos seus clientes.

A respeito da bandeira Elo, a troca do LoungeKey pelo Priority Pass trouxe aos portadores desses cartões um benefício muito desejado pelos viajantes frequentes.

O programa Priority Pass possui uma base muito maior de salas Vip ao redor do mundo, apesar de pertencer ao mesmo grupo do LoungeKey.

No caso do aeroporto de Guarulhos, por exemplo, o Priority Pass oferece acesso ao Espaço Banco Safra e ao American Express Lounge, ambos no Terminal 3, lounges que não possuem parceria com o LoungeKey.

Vale destacar que a quantidade de acessos gratuitos franqueada ao portador do cartão depende de cada emissor, pois é ele quem define e paga pelos acessos feitos pelos seus associados.

O que vocês acharam das recentes mudanças nos acessos às salas Vip pelas principais bandeiras de cartões de crédito do mercado?

Para Saber Mais

Para ler outras publicações sobre cartões de crédito no Pontos pra Voar, clique aqui.


Que tal nos acompanhar no Instagram para não perder nossas lives e também nos seguir em nosso canal no Telegram?

O Pontos pra Voar pode eventualmente receber comissões em compras realizadas através de alguns dos links e banners dispostos em nosso site, sem que isso tenha qualquer impacto no preço final do produto ou serviço por você adquirido.

Quando publicamos artigos patrocinados, estes são claramente identificados ao longo do texto. Para maiores informações, consulte nossa Política de Privacidade.