Olá! Eu sou o Gustavo

28

Olá, tudo bem? Me chamo Gustavo. Venho na difícil missão de dar continuidade ao maravilhoso trabalho iniciado pela Rosane Duarte. Quero continuar trazendo mais do mundo da galley aqui para vocês, no Direto da Galley.

Minha experiência na aviação como Cabin Crew internacional foi de alguns poucos anos. Mas na aviação tudo é sempre muito intenso e dinâmico. Poucos meses de trabalho já trazem acontecimentos e experiências suficientes para abrir a mente e aprender muito.

Foram sete anos vivendo em Abu Dhabi, divididos em dois momentos: três anos quando passei na minha primeira seleção. Mais por sorte e vontade do que qualquer outra coisa, já que tinha um inglês de básico para intermediário. Isso foi em 2009, com então 30 anos. Nessa época, tive a oportunidade de trabalhar nas três classes: Economy, Business e First Class.

Acontece que é muito fácil se acostumar com o lifestyle e começarmos a querer encontrar pêlo em ovo. A saudade da terrinha, parentes e amigos bateu forte. Achei que já tinha ficado muito tempo voando e pedi demissão!

Finalmente! Chega de horários rígidos e de noites mal dormidas. De jantar na hora do almoço e almoçar na hora do café. Essa felicidade até que durou bastante: três meses. É… Acho que fiz besteira!

Comecei a sentir uma saudade do mundo da galley cada vez maior. Seleções aparecendo, comecei a ir em todas até ser contratado novamente. A teimosia rendeu frutos e fui recontratado pela mesma cia aérea de onde tudo começou. De volta às origens.

E lá estava eu feliz de novo. Botei uns dirhams amassados no bolso, já com a roupa de ir e com as malas feitas. Afiando novamente o meu “shukran”, “Salam aleikom” e “masalama”. Tudo pronto para voltar para Abu Dhabi!

Dessa vez, foram mais quatro anos voando. A mesma empresa aérea, mas surpreendentemente muito maior, experiente e famosa. E de volta à Economy Class. Dificilmente o cargo anterior é mantido em casos de recontratação com mais de um ano. Encarei com bom humor e feliz pela segunda oportunidade.

Hoje não trabalho mais na aviação. Mas guardo com muito carinho todos os amigos, momentos, experiências, destinos e a sensação de dever cumprido. E faria tudo de novo se fosse necessário.

Foram inúmeras trocas de fuso horário, vários hotéis, pernoites pelo mundo e a convivência quase diária com colegas de 120 nacionalidades diferentes. Tentarei trazer para vocês, de uma maneira leve e divertida: um pouco dos Emirados, da cultura árabe, das situações, dos perrengues e os causos que só costumam acontecer Direto da Galley.

Posso ver seu cartão de embarque, por gentileza?

“Cabin crew, arm doors and cross check!”

Para Saber Mais

Para ler outros artigos do Direto da Galley, clique aqui.

Caso você queira ler algum assunto específico nesta coluna, deixe sua sugestão nos comentários.


Que tal nos acompanhar no Instagram para não perder nossas lives e também nos seguir em nosso canal no Telegram?

O Pontos pra Voar pode eventualmente receber comissões em compras realizadas através de alguns dos links e banners dispostos em nosso site, sem que isso tenha qualquer impacto no preço final do produto ou serviço por você adquirido.

Quando publicamos artigos patrocinados, esses são claramente identificados ao longo do texto. Para maiores informações, consulte nossa Política de Privacidade.