Como eu vou me hospedar no Park Hyatt nas Maldivas economizando mais de 60%

18
Park Hyatt nas Maldivas

Neste post, gostaria de compartilhar com vocês uma dica mostrando como eu vou me hospedar no Park Hyatt nas Maldivas economizando mais de 60%.

Vamos aos detalhes!

Introdução

Como você pode conferir aqui, já tivemos a oportunidade de relatar o caso de um leitor nosso que se hospedou de graça junto ao Grand Hyatt em Dubai (categoria 4 do programa), tendo economizado cerca de R$ 2.117,97 na sua hospedagem, graças à utilização do certificado de noite gratuita em hotéis da rede de categoria 1 a 4, além de ter conseguido um upgrade de quarto para uma suíte por possuir o status máximo (Globalist) no programa.

Em outro post, que você pode acessar aqui, destaquei a excelente atitude do programa World of Hyatt ao renovar o meu certificado de noite gratuita (que, se a pandemia permitir, irei utilizar em breve).

Relembro, também, que no início desse ano, fiz o mattress run no programa World of Hyatt a fim de obter o status globalist.

Não por acaso, portanto, este programa é um dos meus favoritos. Considero a combinação dele com o excelente programa ALL da rede Accor e com a flexibilidade e variedade de opções do hotéis.com uma combinação imbatível para hospedagens.

Pois bem, neste post pretendo mostrar para vocês que, aproveitando as promoções de compra de pontos do programa World of Hyatt com desconto ou bônus, é possível se hospedar em hotéis de luxo da rede com significativos descontos.

Antes de mostrar como eu fiz para reservar quatro noites no Park Hyatt Maldivas economizando mais de 60% de desconto, convém falar um pouco deste programa, que, infelizmente, é pouco divulgado e conhecido aqui no Brasil.

O Programa World of Hyatt

O programa da rede Hyatt de hotéis é formado por doze marcas, com mais de 950 propriedades em mais de 65 países.

É considerado como um (senão o melhor) dos melhores programas de rede de hotéis, embora, em termos de tamanho, seja bem menor que os seus concorrentes Hilton Honors e Marriot Bonvoy.

Inclusive, via de regra, seus pontos são precificados com valor superior aos dos seus concorrentes, o que, segundo avalio, possibilitou que eu conseguisse realizar uma reserva no Park Hyatt Maldivas economizando mais de 60%.

Apenas a título de exemplo e comparação, normalmente, o programa vende pontos ao custo de 24 dólares o milheiro (ou seja, cada mil milhas saem a bagatela, atualmente, de R$ 144, aproximadamente, considerando a cotação do dólar comercial a R$ 5,64 e o IOF de 6,38%).

Compra de Pontos com Desconto ou com Bônus

Regularmente, o programa World of Hyatt oferece condições promocionais para aquisição (compra) de pontos do seu programa. E são estas ofertas que devem ser aproveitas a fim de que também você, leitor, possa se hospedar em hotéis de luxo (como o Park Hyatt das Maldivas) economizando mais de 60%.

Ao longo desse ano, as ofertas foram as seguintes: em 30 de março e 21 de julho o programa ofereceu 25% de desconto; em 20 de maio e 16 de setembro ofereceu bônus de 30%.

E, desde o dia 16 de novembro, está oferecendo, até o dia 30 de dezembro, um desconto de 30%, percentual este que é o melhor até então ofertado.

Com isso, o valor do milheiro do programa está saindo a 16,80 dólares, ou seja, o equivalente a R$ 101, aproximadamente, considerando a cotação do dólar comercial a R$ 5,64 e o IOF de 6,38% (sem contar o spread bancário, e, para isso, estou considerando que você irá utilizar para a compra um cartão que não cobre esse spread, como o cartão Pão de Açúcar, por exemplo).

Lembrando, por fim, que o programa limita a compra, por ano e por conta, a 55 mil pontos (sem incluir eventuais bônus ofertados).

Estratégia Utilizada

Ainda em 2020, antes mesmo de concluir o mattress run, ciente da regra que limita a compra a 55 mil pontos por anos (este limite não inclui eventuais bônus concedidos), adquiri 55 mil pontos, aproveitando a promoção de compra com desconto.

Igualmente, em julho desse ano, comprei mais 55 mil pontos, que, com os bônus ofertados, totalizou 71.500 pontos.

Assim, há poucos meses, antes da mudança de precificação do programa (como você pode conferir aqui, o programa em outubro desse ano passou a adotar uma tabela de baixa e alta temporada, estruturando a pontuação cobrada em três níveis: off-peak, standart e peak), resgatei, com um total de 120 mil pontos, quatro noites no Park Hyatt Maldivas Hadahaa.

Fiz esse resgate antes da alteração da tabela ciente de que o programa, de forma muito acertada e louvável, havia anunciado que, caso a pontuação cobrada para reservas futuras fosse reduzida, iria devolver o excedente cobrado.

Ou seja, efetuar o resgate antes da alteração somente iria trazer benefícios, o que, de fato, ocorreu, já que, das quatro noites, duas tiveram a pontuação exigida reduzida. Assim, foi corrigido no meu extrato de pontos o lançamento de pontos cobrados para 110 mil, e devolvidos 10 mil pontos para a minha conta.

Alô programas de fidelidade, viram como se age com os seus clientes mesmo diante de uma alteração prejudicial de tabela?

Logo, foram utilizados 110 mil pontos para uma reserva de 04 noites de uma Beach Villa para 02 adultos e 01 criança de 11 anos.

Pois bem, considerando o preço médio do dólar nas épocas que eu comprei os pontos, estimo que tive um custo total de R$ 11 mil (lembrando que, no presente momento, como mostrei acima, aproveitando a promoção vigente, você poderá comprar 110 mil pontos ao custo de R$ 11.087,00, aproximadamente, sendo possível contornar a limitação de compra de 55k pontos por conta, utilizando-se duas contas, a sua e de uma outra pessoa que, por exemplo, irá lhe acompanhar na viagem).

Para efeito de comparação, na data de elaboração deste post, o mesmo quarto, para o mesmo período, está custando, conforme cotação no próprio aplicativo do programa, o expressivo valor de R$ 27.672,36 (prints abaixo), lembrando que no cálculo da utilização de pontos não foram acrescidos os impostos e taxas, na medida que já estão incluídos na cobrança, quando o pagamento é feito totalmente com pontos (outra grande vantagem na utilização dos pontos).

Como eu vou me hospedar no Park Hyatt nas Maldivas economizando mais de 60%
Print mostrando o extrato da conta no programa
Como eu vou me hospedar no Park Hyatt nas Maldivas economizando mais de 60%
Cotação de reserva em dinheiro para a mesma data e quarto
Como eu vou me hospedar no Park Hyatt nas Maldivas economizando mais de 60%
Print com a confirmação da reserva

Então, como constatado, gastei cerca de R$ 11 mil na compra dos pontos, ao passo que, se eu tivesse efetuado o pagamento em dinheiro, teria que desembolsar R$ 27.672,36, o que representou uma economia de mais de 60% na hospedagem.

Importante registrar, também, que, independentemente de a compra ser com pontos ou em dinheiro, o hóspede deverá arcar com os custos de deslocamento (550 dólares por adulto e 475 dólares por criança) do aeroporto de Male até o hotel, como informado no seguinte e-mail que recebi após efetuar a reserva:

Custo do transfer que deverá ser contratado para deslocamento do aeroporto até o hotel

Por fim, acrescento que não estou considerando na estimativa de economia acima lançada eventual upgrade de quarto e o direito ao café da manhã e acesso ao lounge do hotel que tenho em razão do meu status globalist no programa.

Tome Nota

No post de hoje mostramos como o programa World of Hyatt também pode ser utilizado para hospedagens de luxo com substancial (mais de 60%) economia.

É muito comum no meio dos milheiros, atualmente, o destaque dado – com merecimento, aliás – ao excelente programa ALL, da rede Accor. Nada obstante, não podemos deixar de buscar outras alternativas no cenário mundial.

Não é porque o programa vende pontos em dólar (e não em reais), e não permite (no cenário nacional) a conversão de milhas e pontos para pontos no seu programa que deveremos “fechar os olhos” para essa e outras alternativas.

Não por acaso, temos, na nossa equipe, editores que conhecem a fundo também outros programas, como o IHG, Marriot Bonvoy, Hilton Honors, entre outros.

E o fato de mostrar como eu vou me hospedar em um hotel com classificação pelos hóspedes próxima à nota 10 (o cinco estrelas Park Hyatt) bem demonstra isso.

Inclusive, em que pese a alteração na tabela de precificação de pontos do programa, que, no geral, foi ruim para os clientes, eu demonstrei que, no caso da minha reserva, foi benéfico, por reduzir a quantidade total de pontos exigida, considerando a louvável atitude do hotel de devolver o excedente.

Então, caro leitor, fique atento a todas as possibilidades que o mercado mundial dos programas de fidelidade nos oferecem, acompanhe os posts aqui no Pontos pra Voar e aproveite para se hospedar em diversos países com muito desconto.

E você leitor, já efetuou reservas em hotéis de alto luxo no mundo com uma substancial economia utilizando pontos? Compartilhe, por favor, a sua experiência nos comentários abaixo.

Para Saber Mais

Veja mais sobre o programa World of Hyatt, clicando aqui.


Que tal nos acompanhar no Instagram para não perder nossas lives e também nos seguir em nosso canal no Telegram?

O Pontos pra Voar pode eventualmente receber comissões em compras realizadas através de alguns dos links e banners dispostos em nosso site, sem que isso tenha qualquer impacto no preço final do produto ou serviço por você adquirido.

Quando publicamos artigos patrocinados, estes são claramente identificados ao longo do texto. Para maiores informações, consulte nossa Política de Privacidade.