GOL anuncia a compra da MAP Transportes Aéreos

0
GOL anuncia a compra da MAP Transportes Aéreos

A GOL Linhas Aéreas anunciou um acordo para a aquisição da MAP Transportes Aéreos, uma empresa aérea brasileira, controlada pela VOEPASS Linhas Aéreas, com rotas para destinos regionais e a partir do Aeroporto de Congonhas em São Paulo.

A negociação envolve a assunção pela GOL, de todas as operações da MAP, incluindo os 26 slots no Aeroporto de Congonhas. O fechamento do negócio está sujeito a condições precedentes, inclusive aprovação do CADE e da ANAC.

A MAP possui atualmente uma frota de sete aeronaves dos modelos ATR 72 e ATR 42, atendendo a 11 destinos na região Norte do Brasil, além de 26 slots para definição de malha estratégica a partir do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Todos os voos em operação atualmente serão mantidos sem qualquer alteração como malha da própria VOEPASS.

Para a VOEPASS, a venda da MAP é estratégica e representa um movimento de redução de seu endividamento, melhora na gestão do caixa e permitirá, no médio prazo, sua recuperação econômica.

“Nosso planejamento em 2019 indicava uma forte recuperação da VOEPASS a partir do primeiro semestre de 2020. Contudo, com a pandemia todas as expectativas foram frustradas, passamos a lutar pela sobrevivência da companhia, atravessando a pior crise da história da aviação mundial. Agora, com a venda da MAP, geraremos no médio prazo um cenário mais equilibrado de caixa e também da nossa operação aérea”, ressalta José Luiz Felício Filho, Diretor Presidente da empresa.

Para Eduardo Busch, CEO da VOEPASS, a venda do ativo é fundamental para o futuro da empesa.

“Em um primeiro momento pouca coisa irá mudar na gestão da VOEPASS, pois não haverá nenhum aporte de recursos para o caixa da companhia. Haverá sim a desoneração de algumas dívidas de curto prazo que resultará na melhor gestão do caixa. A possibilidade de expansão das operações de CPA, no médio prazo, permitirá à empresa retomar sua saúde financeira e fazer frente a todos os seus compromissos. Teremos, assim, uma excelente oportunidade para a retomada econômica dos mercados, com a expansão da malha da aviação regional do Brasil. O trabalho de recuperação pós-crise está só começando.”

Por outro lado, a GOL pretende suprir a demanda por transporte aéreo doméstico regional e entende ser uma oportunidade diferenciada para a sua consolidação no mercado, à medida que a economia do país se recupera da Covid-19.

“Ao logo do último ano enfatizamos, consistentemente, que a GOL estava bem-posicionada para o crescimento no ciclo pós-pandêmico, decorrente da prudente gestão financeira e do nosso eficiente modelo operacional, que nos diferenciam no mercado”, disse Paulo Kakinoff, CEO. “Esta aquisição é um passo importante da nossa estratégia de expansão de malha e capacidade, à medida em que buscamos revitalizar a demanda por viagens aéreas de lazer e a negócios. Assim, a Companhia está investindo ainda mais no mercado de transporte aéreo regional com destaque para a região Amazônica, apoiando o desenvolvimento econômico local e fortalecendo as nossas operações no Aeroporto de Congonhas.”

Fundada em 2011, a MAP é a quinta maior empresa aérea brasileira, com uma frota de sete aeronaves ATR com 70 assentos que operam em rotas da região amazônica a partir de Aeroporto de Manaus e nas regiões Sul e Sudeste a partir de Congonhas, o maior aeroporto doméstico do país.

Assim, a GOL poderá atender novos destinos, conectando a maior cidade da América do Sul com mercados domésticos historicamente sub-ofertados, à medida em que as restrições resultantes da pandemia são reduzidas ou eliminadas.

Kakinoff acrescentou: “Acreditamos que a aquisição da MAP seja, nesse momento, a única oportunidade viável de consolidação racional no mercado de aviação brasileiro. Daqui para frente, continuaremos focados na estratégia de crescimento orgânico, estimulando a demanda para expansão de nossa malha.”

A GOL vê três benefícios principais nessa transação:

  • Expansão para Novas Rotas
  •  Maior Densidade de Oferta de Assentos a Mercados Historicamente Sub-ofertados
  • Aperfeiçoando as Operações Eficientes

A GOL e a VOEPASS informaram que darão entrada imediata na consulta aos órgãos reguladores para a aprovação da operação da compra e venda, sem data para ser concluída.

O que vocês acharam dessa aquisição?

Para Saber Mais

Acompanhem todos os nossos posts sobre a GOL, clicando aqui.


Que tal nos acompanhar no Instagram para não perder nossas lives e também nos seguir em nosso canal no Telegram?

TopMilhas