Compartilhando Emissões: África do Sul voando Qatar Airways com pontos Latam Pass – Parte 1

57

Dando início à nova série “Compartilhando Emissões”, eu e os demais editores do Pontos pra Voar (e você também leitor) iremos compartilhar emissões que, nas condições atuais dos programas, são vantajosas, começando com o resgate de São Paulo para a África do Sul em classe executiva (voando na Qsuites da Qatar Airways) com pontos do programa Latam Pass.

Afinal, tendo em vista que, em recente levantamento feito no nosso grupo de whatsapp, além do meu caso, pelo menos outras dez pessoas (sem comentar os familiares e acompanhantes) já realizaram emissões com destino à África (muitas delas para a África do Sul), voando nas Qsuites da Qatar Airways e utilizando pontos do Latam Pass, me pareceu ser obrigatório mencionar esse resgate para os leitores.

Introdução

A ideia desta nova série é mostrar para você leitor que é possível voar para diversos lugares do mundo, utilizando-se as milhas acumuladas nos programas nacionais e internacionais que nós, brasileiros, temos acesso morando aqui no Brasil.

Mais do que isso, tentaremos mostrar como realizar as pesquisas de disponibilidade e as melhores opções que os diversos programas nos oferecem, possibilitando que você escolha a melhor opção para os seus interesses (até porque a melhor opção para o editor nem sempre será para o leitor, devendo ser respeitadas as particularidades de cada caso).

Feita esta explicação inicial, passamos a explicar os detalhes envolvendo a emissão:

Guarulhos – África do Sul (Joanesburgo – JNB) com pontos Latam Pass voando nas Qsuites da Qatar Airways

A Pesquisa de Disponibilidade e Como Conseguir Emitir

A pesquisa de disponibilidade mais fácil e acessível é feita diretamente no site da Latam Pass. Porém, pesquisar no site do programa AAdvantage e filtrar os voos operados pela Qatar, considerando os corriqueiros problemas no site do programa nacional, é uma excelente alternativa.

Importante referir que há relatos de colegas que conseguiram, em consulta ao call center, “enxergar” disponibilidade, inclusive em outras rotas para a África (como para a Cidade do Cabo – código IATA CPT), ainda maior do que no site do programa da Latam Pass.

Quanto à emissão dos bilhetes, é consenso entre nós, milheiros, que o site da Latam Pass não consegue, por alguma questão sistêmica, finalizar a emissão. Diante disso, surgem  três opções:

  1. Tentar a sorte junto ao call center da empresa: nesta hipótese recomenda-se ligar em horários de pouquíssimo movimento, como tarde de noite (até mesmo de madrugada), ou início da manhã, ou, caso você tenha status no programa, servir-se do atendimento mais qualificado, que, mais facilmente, procederá na emissão manual e conseguirá efetivamente emitir os bilhetes.
  2. Utilizar-se do serviço prestado pela Loja Latam Travel da sua cidade, verificando-se, primeiramente, se a referida Loja está em funcionamento e realiza este serviço (há relatos de que algumas lojas foram fechadas definitivamente em razão da pandemia). Observe, porém, que, nas lojas, há cobrança de uma taxa de até US$100 para realizar a emissão.
  3. Utilizar-se, para a sua conveniência, dos serviços da nossa parceira Wanderlust que fará a emissão para você ao custo de R$100 por pessoa por trecho (independente do número de paradas), com valor mínimo de R$200. Para tanto você precisa apenas enviar um email para viagens@wanderlustconcierge.com.br com as datas que você pretende viajar, o número de passageiros e um telefone para contato, que na sequência o time entrará em contato com você.

Na opção 3 acima, o time da Wanderlust fará o que você faria na opção 1, isto é, entrar em contato com o call center do LATAM Pass. Note que o Pontos pra Voar receberá uma pequena comissão quando você usar os serviços da Wanderlust.

A Tarifação e a Cabine

Analisando-se a tabela fixa que o Latam Pass mantém com as suas companhias parceiras (e aqui nos interessa a parceira Qatar), verifica-se que a tarifação para a África é de 84k pontos por trecho em classe executiva, o que, sem sombra de dúvidas, representa uma pontuação muito atrativa.

Pesquisando no próprio site da Latam Pass a disponibilidade para 03 vagas (para uma hipótese de viagem em família, como no meu caso) com a parceira Qatar Airways para o início do ano que vem (acreditamos que até lá não mais persistam as restrições sanitárias e de viagens em decorrência da pandemia, ao menos nos atuais padrões) voando nas Qsuites, verifiquei que, a partir da segunda quinzena de janeiro, há algumas opções de datas com disponibilidade em executiva (algumas inclusive com três assentos), por exemplo:

Compartilhando Emissões: África do Sul voando Qatar Airways com pontos Latam Pass - Parte 1

Note (abaixo) que o longo primeiro trecho, de quase 14 horas de voo, é feito no excepcional A 350-1000, configurado com uma das melhores classes executivas do mundo, conhecidas como Qsuites, a qual tive o prazer de, voando com a minha família, conhecer no trecho HND-DOH, em janeiro de 2020 (essa mais uma razão para compartilhar esta emissão com vocês, pois já tive a experiência a bordo desta aeronave e recomendo muito).

Compartilhando Emissões: África do Sul voando Qatar Airways com pontos Latam Pass - Parte 1

Vejam que, viajando em família (no meu caso, 03 pessoas), é possível reservar os assentos do meio, na configuração quad seat:

Compartilhando Emissões: África do Sul voando Qatar Airways com pontos Latam Pass - Parte 1
Classe executiva da Qatar Airways

Na sequência, o último trecho é feito em um A 350-900, que, segundo pesquisa que realizei, não oferecem, via de regra, a Qsuites, tendo configuração no layout 1-2-1. De toda a sorte, também se mostra uma excelente opção, diante, inclusive, do impecável serviço de bordo da empresa.

Já o retorno, ocorrerá nas mesmas aeronaves, com a mesma tarifação acima referida.

Aliás, em post de autoria do Claudio, já havíamos falado deste resgate para a África do Sul, destacando cinco opções de cabines.

A Oportunidade

Na época em que falamos sobre esse resgate, contudo, não estavam ocorrendo sucessivas promoções bumerangue entre a Livelo e o Latam Pass (chegando a incríveis 163% de bônus, e possibilitando a geração de pontos no programa em valores próximos a R$ 13 reais, acaso você seja assinante do clube Latam Pass e da Livelo e tenha comprado pontos a R$ 35 reais o milheiro).

Inclusive, como noticiado há poucos dias aqui no site até o último dia 27 de junho a LATAM estava vendendo pontos a R$ 21 reais o milheiro, de forma que, aproveitando a emissão acima referida, seria possível viajar até a África do Sul em classe executiva voando com a Qatar Airways por apenas R$ 3.528,00, mais taxas.

Os Motivos da Viagem

Além, evidentemente, da atrativa tarifação cobrada pelo programa da Latam, e do fato de o voo ser realizado por uma excepcional companhia aérea como a Qatar Airways, em uma das melhores cabines atualmente existentes no mercado (Qsuites), o que nos seduziu a realizar esta viagem foi o fato de que a minha família (sobretudo a minha esposa) é apreciadora de um bom vinho.

Assim, não pensamos duas vezes em aproveitar esta oportunidade. Afinal, como se sabe, a África do Sul é conhecida, além das belezas naturais, safáris e praias, por ser um verdadeiro paraíso do vinho. A partir de pesquisas sobre os vinhos na região, destaco as seguintes informações extraídas de um site especializado nesse tema:

A África do Sul é uma das nações que mais investem na enocultura em tempos recentes. Sétimo maior produtor, com 4,5% da produção mundial, e trigésimo maior consumidor do planeta, o país tem vivido seu melhor momento ao longo das últimas décadas quando o assunto são bons vinhos. E os números não param de crescer.

[…] Com o fim do Apartheid na África do Sul, em 1994, a indústria sul-africana finalmente encontrou condições para seguir a todo vapor. Em 2017, quase 450 milhões de litros foram exportados, em um sistema que gera aproximadamente 300 mil empregos diretos e indiretos, distribuídos por mais de 600 vinícolas. […]

 

A apenas 20 minutos da Cidade do Cabo, a região de Constantia é hoje a principal região vitivinícola do país, em função de suas características geográficas e climáticas ideais. Vales, montanhas, clima mediterrâneo, verões longos e ensolarados e grandes amplitudes térmicas configuram o clima perfeito para o cultivo das uvas.

 

Curiosamente, a maioria das uvas da África do Sul são internacionais: Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah para vinhos tintos, e Chenin Blanc, Sauvignon Blanc e Chardonnay para os brancos. Combinações deram origem, ao longo dos anos, a uvas nativas, como é o caso da Pinotage – cruzamento de Pinot Noir e Hermitage.

 

O resultado dessas combinações, aliado a uma série de produtores talentosos e muitas novas ideias, tem levado a cultura vinícola da África do Sul ao olimpo do universo do vinho no Novo Mundo, além de tornar o país um destino perfeito para o enoturismo, em franco crescimento na região. […]

 

Ao longo de mais de 800 quilômetros, a Rota 62 é considerada a maior rota vinícola do mundo em extensão. A rota do vinho de Franschhoek, cuja influência é francesa, é conhecida como a “capital gourmet” do país.

Já a simpática cidade de Stellenbosch, de influência holandesa, é rodeada de boas bodegas e deve agradar em cheio os amantes de bons vinhos, além dos seus restaurantes e bares. […]

Algum leitor já visitou as regiões acima citadas? Em caso positivo, queira, por favor, compartilhar nos comentários as dicas e o roteiro porventura utilizado.

A Sequência

Na sequência (Parte 2), e considerando os motivos que me motivaram a escolher a África do Sul como destino, voando com a Qatar Airways e utilizando pontos do programa da Latam Pass, irei compartilhar uma outra emissão em um voo interno na África do Sul que realizei, mostrando as opções disponíveis nos programas a que temos acesso e a razão que me levou a optar por uma delas.

Emissões de Passagens com Milhas

Caso você esteja planejando fazer emissões de passagens e não quer perder tempo no telefone com a central de atendimento, nossa parceira Wanderlust pode fazer esse trabalho para você.

Do mesmo modo, caso você necessite de um apoio especializado para realizar e emissão com milhas de voos na Emirates usando pontos do programa da Qantas, a parceira também poderá ajudá-lo.

Para tanto, você precisa apenas enviar um email para  viagens@wanderlustconcierge.com.br com as datas que você pretende viajar, o número de passageiros e um telefone para contato, que na sequência o time entrará em contato.

A Wanderlust pode te auxiliar com os seguintes programas:

  • LATAM Pass – LATAM (e empresas parceiras)
  • Smiles – GOL (e empresas parceiras)
  • TudoAzul – Azul (e empresas parceiras)
  • TAP Miles&Go – TAP (e empresas parceiras)
  • AAdvantage – American Airlines
  • Executive Club – British Airways
  • Iberia Plus – Iberia
  • Qantas Frequent Flyer – Qantas (emissões de primeira classe na Emirates)

As emissões são feitas ao custo de R$ 200 por pessoa (independente se for somente ida ou ida e volta).

Tome Nota

Como mencionado acima, estamos dando início a uma série em que nós, editores do site, buscaremos compartilhar emissões (tanto para voos já realizados, como voos futuros, ainda não realizados, mas que estão na nossa wish list) que, mantidas as condições atuais, são vantajosas.

Demos início, neste post, com um resgate que, de alguns meses para cá, tem tido bastante destaque no mundo das milhas, considerando não só a tarifação exigida, mas também as sucessivas e expressivas promoções feitas pelo programa Latam Pass, envolvendo, ainda, um destino (África do Sul, voando Qatar Airways) atualmente aberto para os brasileiros, e que possui diversas atrações para serem exploradas (uma delas, como visto, muito atraente para quem aprecia bons vinhos).

Além disso, também convidamos o leitor deste site a compartilhar suas emissões conosco. Para tanto, peço que envie um email descrevendo, resumidamente, a sua experiência e os detalhes da sua emissão para o seguinte endereço: info@pontospravoar.com.

E você, leitor, pretende aproveitar as recentes e sucessivas promoções feitas pela Latam com a Livelo, ou mesmo de venda direto de pontos, para viajar muitas horas na famosa Qsuites e conhecer a África do Sul? Em caso positivo, além de Joanesburgo, pretende visitar quais outras cidades? Compartilhe abaixo, nos comentários, a sua opinião.

Grupos de WhatsApp

Além de todo o conteúdo gratuito que oferecemos em nosso site e no Instagram, também temos grupos de WhatsApp pagos onde você tem espaço para esclarecer dúvidas e aprender com nossos editores, que são especializados no assunto.

Temos um grupo que fala exclusivamente sobre emissões de passagens com milhas focados nos programas Smiles (GOL), LATAM Pass (LATAM), TudoAzul (Azul), Iberia Plus (Iberia), AAdvantage (American Airlines), Miles&Go (TAP), Executive Clube (British Airways), Life Miles (Avianca) e Miles&More (Grupo Lufthansa).

Neste grupo discutimos emissões de passagens em econômica, business e primeira classe. Falamos também de como planejar e fazer emissões de passagens de volta ao mundo.

Um segundo grupo que temos é focado apenas nos programas de fidelidade brasileiros e incluem Smiles (GOL), LATAM Pass (LATAM), TudoAzul (Azul), Accor ALL, Livelo, iupp, Esfera e Stix.

Aqui você tira dúvidas e aprende como maximizar o acúmulo de pontos e uso dos benefícios destes programas. Note que este grupo não fala sobre emissões de passagens.

Clicando aqui você acessa a página dos nossos grupos no Chatpay e escolhe quais quer participar.

Para Saber Mais Sobre o Programa Latam Pass

Veja mais sobre o programa Latam Pass aqui.

Para Saber Mais sobre esta Série

Para ler a parte 2 clique aqui.


Que tal nos acompanhar no Instagram para não perder nossas lives e também nos seguir em nosso canal no Telegram?

O Pontos pra Voar pode eventualmente receber comissões em compras realizadas através de alguns dos links e banners dispostos em nosso site, sem que isso tenha qualquer impacto no preço final do produto ou serviço por você adquirido.

Quando publicamos artigos patrocinados, estes são claramente identificados ao longo do texto. Para maiores informações, consulte nossa Política de Privacidade.