Aeroporto de Salvador é reconhecido como um “aeroporto verde” por órgão internacional de aviação

1
Aeroporto de Salvador é reconhecido como um “aeroporto verde” por órgão internacional de aviação
Foto: Will Recarey

O Aeroporto de Salvador recebeu do Conselho Internacional de Aeroportos – América Latina e Caribe (ACI- LAC), o reconhecimento de “Aeroporto Verde”.

Essa é a segunda vez que o aeroporto da capital baiana recebe esse reconhecimento da instituição, que tem por objetivo destacar o desempenho ambiental e social dos aeroportos da região.

Desde 2020, o Aeroporto de Salvador recupera 100% dos seus resíduos sólidos e os encaminha para destinação ambientalmente correta, evitando assim o envio dos mesmos para aterro sanitário.

Todos os materiais coletados são separados em uma Central de Resíduos e, sempre que possível, reintroduzidos em processos produtivos, de acordo com o conceito de economia circular. Ser Aterro Zero é uma das metas ambientais da rede VINCI Airports que devem ser alcançadas até 2030 por todos os seus aeroportos.

O projeto vencedor, na premiação anterior, foi a instalação da Estação de Tratamento de Efluentes (ETE). Modulável e com 99,5% de eficiência, ela permitiu a adoção de reuso de água no aeroporto, reduziu em 37% a necessidade de consumo de água potável no terminal e zerou a emissão de efluentes para corpos hídricos. Nessa edição, três ações do Salvador Bahia Airport foram inscritas: Aterro Zero, Eficiência Energética e Preservação da Biodiversidade.

O recebimento desse reconhecimento, juntamente com os dois títulos consecutivos de “Aeroporto mais sustentável do Brasil”, concedido pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), e do Prêmio Via Viva, concedido pelo Ministério da Infraestrutura, demonstram a solidez da política ambiental da VINCI Airports.

Em apenas quatro anos de concessão, o Salvador Bahia Airport é seguidamente premiado devido aos compromissos assumidos pela rede da qual faz parte, que tem por objetivo atingir a neutralidade de carbono até 2050.

Outras metas devem ser cumpridas até 2030, como redução do consumo de energia e de água em 50%, além da não dispensação de resíduos sólidos para aterro sanitário.

Para Saber Mais

Para ler outras notícias sobre aeroportos, clique aqui.


Que tal nos acompanhar no Instagram para não perder nossas lives e também nos seguir em nosso canal no Telegram?

O Pontos pra Voar pode eventualmente receber comissões em compras realizadas através de alguns dos links e banners dispostos em nosso site, sem que isso tenha qualquer impacto no preço final do produto ou serviço por você adquirido.

Quando publicamos artigos patrocinados, esses são claramente identificados ao longo do texto. Para maiores informações, consulte nossa Política de Privacidade.