Hong Kong acaba com quarentena obrigatória – Mas algumas restrições ainda continuam a valer

1
Hong Kong acaba com quarentena obrigatória - Mas algumas restrições ainda continuam a valer
Hong Kong
Banner-Livelo.png

O chefe executivo de Hong Kong, John Lee anunciou que acabará com a exigência de quarentena obrigatória em hotéis designados para os viajantes que chegarem ao território. A medida passa a valer a partir da próxima segunda-feira, dia 26 de setembro.

Após mais de 2 anos fechado, Hong Kong busca permanecer competitivo e se abrir globalmente ao turismo.

“Embora não possamos controlar a tendência da epidemia, devemos permitir o máximo de espaço para a conectividade com o mundo para que possamos ter impulso econômico e reduzir os inconvenientes aos viajantes que chegam”, disse Lee. “Deve haver um equilíbrio entre riscos e crescimento econômico”, completou

A partir de segunda-feira, ao desembarcar no aeroporto de Hong Kong, será feito um teste de PCR sob uma prática de ‘test-and-go’ que não exigirá que os viajantes esperem pelo resultado no aeroporto.

Para quem viaja para Hong Kong também não será mais necessário fornecer um teste PCR negativo antes da partida. No entanto, ainda será preciso apresentar um teste rápido de antígeno negativo 24 horas antes de embarcar.

Em vez do atual modelo “três mais quatro”, em que os viajantes precisam ficar em quarentena em um hotel designado por três dias e passar mais quatro dias monitorando sua saúde, os viajantes que chegarem poderão fazer seus três dias de automonitoramento em casa ou em um local de sua escolha.

Neste período, eles poderão sair, mas serão restritos a alguns lugares. No entanto, eles estarão livres para se movimentarem pela cidade, incluindo visitas a áreas públicas, como shopping centers e usar transporte público, onde as pessoas são obrigadas a usar máscaras quase o tempo todo.

Durante o período de monitoramento de três dias, as pessoas receberão, através de um aplicativo, um código de saúde digital na cor âmbar, o que as impedirá de entrar em locais como bares ou restaurantes.

Um resultado negativo de um teste de PCR realizado no terceiro dia fará com que o aplicativo mude para um código azul que eliminará essas restrições.

Os visitantes também precisarão fazer um teste de PCR obrigatório nos dias 4 e 6 e, se derem positivo, serão isolados em casa, em hotéis ou em instalações comunitárias, dependendo da situação.

Embora ainda com muitas restrições, já é um grande passo para a abertura do turismo em Hong Kong, que até o momento estava seguindo os passos da China, com uma estratégia de zerar o covid antes da reabertura.

Para Saber Mais

Para ler outras notícias que publicamos recentemente no Pontos pra Voar, clique aqui.


Que tal nos acompanhar no Instagram para não perder nossas lives e também nos seguir em nosso canal no Telegram?

O Pontos pra Voar pode eventualmente receber comissões em compras realizadas através de alguns dos links e banners dispostos em nosso site, sem que isso tenha qualquer impacto no preço final do produto ou serviço por você adquirido.

Quando publicamos artigos patrocinados, estes são claramente identificados ao longo do texto. Para maiores informações, consulte nossa Política de Privacidade.