Também chamado de Economilton, não se sabe se é pela formação em Economia ou pela gana de viver em busca de preços baixos. Prefere conexões longas a diretos para poder bater perna em novas cidades, já que acredita que quem tá na chuva é para se molhar. Após se mudar do Brasil em 2020, já morou na República Tcheca, Franca, Itália, Bélgica e hoje reside em Frankfurt à trabalho. Entretanto, a pergunta continua a mesma: quando que será a próxima viagem?