Mais uma má notícia! AME passará a cobrar uma taxa de 3,59% em transferências com cartão de crédito

7
Mais uma má notícia! AME passará a cobrar 3,59% em transferências com cartão de crédito

Se no fronte das promoções a semana está bombando para o caçadores de milhas, o mesmo não pode ser dito sobre os usuários de aplicativos de pagamentos, pois o AME também tem uma má notícia, ou melhor, uma taxa!

Seguindo a linha do iti, que começou a cobrar até 3,99% em transferências entre contas, o AME a partir do dia 10 de outubro passará a cobrar 3,59% em transferências entre contas feitas com o cartão de crédito.

Recentemente, o aplicativo já havia limitado a R$2.000 mensais as transferências entre contas com cartão de crédito, que deveriam ser de no máximo R$400 cada.

Com o anúncio desta mudança ficam algumas questões:

  • Será que o valor máximo, mesmo com a taxação, continuará limitado a R$ 2 mil por mês?
  • Será que os R$ 2 mil também serão taxados ou apenas os valores superiores a ele?

É bem provável que mais próximo da data da implementação da nova taxa o AME deverá fornecer mais informações sobre a nova taxa.

Conforme publicamos aqui, recentemente o AME aumentou os limites de pagamentos:

  • O limite diário de pagamento que era de até 2 boletos no total de R$ 700, passou a ser de até 2 boletos no total de R$ 1.500.
  • O limite mensal de pagamento que era de 1.500, passou a ser de R$ 3.000.
  • A partir de agora não haverá mais valor mínimo para pagamento com saldo ou cartão de crédito.

Resta saber se esses pagamentos também serão taxados quando o cliente usar o cartão de crédito. O será que a nova taxa incorrerá apenas sobre transferências entre contas?

Para Saber Mais

Para ler mais artigos sobre aplicativos de pagamentos, clique aqui.


Que tal nos acompanhar no Instagram para não perder nossas lives e também nos seguir em nosso canal no Telegram?

O Pontos pra Voar pode eventualmente receber comissões em compras realizadas através de alguns dos links e banners dispostos em nosso site, sem que isso tenha qualquer impacto no preço final do produto ou serviço por você adquirido.

Quando publicamos artigos patrocinados, estes são claramente identificados ao longo do texto. Para maiores informações, consulte nossa Política de Privacidade.